+QV

DEUS VAI TE LIBERTAR DAS CADEIAS EMOCIONAIS

 
A imagem pode conter: 1 pessoa, no palco e em pé
 
No segundo período do Encontro Geral de Mulheres +QV Armas de Guerra – realizado na Renascer Arena, neste sábado (21) a atriz Kely Nascimento, viúva do autor Norton Nascimento, e sua equipe apresentaram uma peça para denunciar as estratégias que o inimigo adota para nos aprisionar espiritualmente e emocionalmente.
 
Em seguida, ela contou como superou os abusos sexuais que sofreu na infância: “Hoje, eu sei que o mal estava nele, não em mim! Eu não carrego nenhum peso de culpa e nenhum medo. A libertação foi tão grande, que eu não sinto mais nada! É como se eu estivesse falando de outra pessoa!”.
 
A imagem pode conter: 1 pessoa
 
“Só existe uma maneira de vencermos as afrontas, as expectativas contrárias e o que veio para nos destruir e nos deixar sem chão: sendo servas de Deus perseverantes e belicosas. Eu me descobri no campo de batalha. A guerra traz liberdade. Para que a gente guerreia? Pela paz! Muitas mulheres, ao longo de sua jornada, foram marcadas por derrotas. E essas marcas as têm impedido de assumir sua verdadeira identidade em Cristo. Hoje, nós viemos guiadas Espírito Santo para trazer uma palavra que vai te libertar de todas as cadeias emocionais”, afirmou a Bispa Fernanda Hernandes.
 
Na sequência, Bispa Sonia Hernandes abriu o coração e deixou uma palavra restauradora. Acompanhe, a seguir, os principais trechos:
 
Eu sempre digo que a parte do nosso corpo que mais dói são os filhos. Eu convivi sete anos e meio com a minha festa, meu filho – Bispo Tid – em coma! Quem está em coma está vivo, mas não se comunica! Ele passou por uma dor tão grande, que o sistema de comunicação dele foi apagado. Talvez, tenha uma área na sua vida em que não exista mais comunicação, porque a dor foi grande demais, e você não consegue mais reagir. Você acaba, sem perceber, se sabotando.
 
O inimigo tenta nos marcar de formas diferentes. Ele tentou marcar também a minha vida. Talvez, para você, tudo esteja perdido. Mas eu vim aqui para dizer que, assim como o espírito de ressurreição e vida me curou e me libertou, Ele vai te curar e te libertar também!
 
Você não precisa aceitar isso, você não precisa continuar nisso... A hora de fincar a estaca já chegou! Deus tem para você a marca da ressurreição!
 
Quem está machucada não tem condições de ir à guerra! Se você quer ter vitória, comece ficando de pé, denunciando esse mal e se abrindo para que Deus te restaure e te liberte definitivamente! Você é livre! Acabou.
 
A imagem pode conter: 2 pessoas, close-up
 
Para finalizar o 2º período do congresso, a Bispa Fê leu as passagens bíblicas de Isaías 61 e os capítulos 14 e 15 de Gênesis e falou sobre a missão que Deus nos confiou em momentos de guerra. Acompanhe, a seguir, o resumo:
 
Essa passagem de Gênesis mostra a primeira batalha da Palavra de Deus! Abraão, antes de ser conhecido como o pai da fé, recebeu uma missão de Deus.
 
Depois de Abraão, a fé nunca mais deixou de existir na face da terra! A confiança foi restaurada através de Abraão.
 
Batalha se vence com posicionamento, com ação! Por que, muitas vezes, não conseguimos atingir determinados resultados? Porque estamos paralisadas e presas ao passado, como a mulher de Ló.
 
Abraão deixou todo o passado dele para trás, ele deixou suas raízes para ingressar em uma jornada de fé, para ouvir a voz de Deus!
 
Hoje, você está recebendo as palavras que vão gerar a sua vitória!
 
O que aconteceu com Abraão? Em sua caminhada, ele foi abandonado por aquele que ele havia recebido como filho – Ló. Ele disse: “Não dá mais para caminhar com você! Vou seguir outro rumo!”.
 
Ló não sabia caminhar pela fé, ele fundamentou sua vida em uma segurança carnal! Mas sabe por que Abraão viveu promessas e Ló não? Porque Abraão perseverou.
 
A imagem pode conter: 1 pessoa, área interna
 
Abraão tinha comunhão com Deus. Havia um local onde eles se comunicavam. Este é o local onde o Senhor se manifesta e confirma Suas promessas, é onde o Senhor nos fortalece e nos renova!
 
Só que, no meio dessa relação, ele recebe uma notícia devastadora (Gênesis 14.15). Havia cinco reinos lutando contra quatro reinos. Ninguém mais aguentava viver debaixo daquela opressão. Nessa guerra, Ló e sua família são levados cativos! Mesmo assim, Abraão não desistiu dele.
 
O inimigo faz de tudo para te subjugar. Quando não estamos preparadas para a batalha, o diabo leva tudo o que ele quer!
 
Grandes soldados não desistem no meio da batalha! Grandes soldados não abandonam soldados feridos! A sua guerra não é contra sua irmã, mas contra o reino das trevas! Você precisa dela para guerrear!
 
Para aquela guerra, Abraão recrutou soldados que foram criados em sua casa. Abraão não entregou os pontos, foi à luta!
 
Você pode passar por essa batalha de diferentes formas, mas a única forma de vencê-la é lutando, sabendo que maior é aquele que está em você.
 
Você não precisa de mais ninguém: um mais Deus sempre será maioria!
 
Abraão foi à luta, mas ele não estava despreparado, o Senhor o honrou! Abraão não era um guerreiro.
 
Você é aquela que Deus escolheu para a batalha!
 
Além de Abraão, eu gostaria de citar outro grande exemplo de um servo de Deus que foi levantado para ter vitória: Neemias!
 
Quando Neemias foi à luta na missão de reconstruir os muros, ele:
 
1- Chorou
 
Ele reconhecia suas fraquezas e as apresentou diante de Deus! Mostrou os muros internos que estavam destruídos.
 
2- Renovou suas forças
 
3- Começou a lutar, a despeito das dificuldades
 
Está na hora de mostrarmos com nossas atitudes a nossa fé! Por mais que você não enxergue, Deus tem futuro para você! Não caminhe na carne, ande no espírito.
 
No meio da batalha, quando não temos a direção de Deus, quando não reconhecemos nossas fraquezas, caímos nas armadilhas que nós montamos para o inimigo, acabamos nos sabotando.
 
No campo de batalha, ou eu escavo uma cova ou eu construo uma trincheira! A escolha é minha: sofrer e desistir ou resistir e vencer!
 
Abraão saiu para resgatar aquele que havia se perdido – Ló. Deus, hoje, vai à luta para te resgatar do império das trevas! Ele vai te trazer de volta para o lugar onde ele te constituiu.
 
Abraão voltou daquela guerra ferido, machucado, desgastado... O que ele fez para se renovar?
 
1- Teve um tempo de descanso
 
2- Recebeu o alimento do sacerdote
 
3- Não aceitou as ofertas do inimigo
 
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e área interna

Abraão havia perdido o que lhe daria esperança para um futuro. Como ele não tinha filhos, Ló seria o seu sucessor, mas o abandonou no meio do caminho.
 
Abraão saiu de sua terra com uma promessa! O Senhor disse a ele: “Olhe para os céus!”. Depois disso, fez uma aliança com ele, e o fogo d’Ele se manifestou. Aquele fogo invadiu Sodoma e Gomorra, destruindo todas as obras das trevas.
 
Hoje, você está aqui para firmar uma aliança de fogo, uma aliança indestrutível!
 
Hoje, depois de milhares de anos, estamos aqui mostrando que a promessa que o Senhor deu a Abraão realmente se cumpriu! Ele foi pai de nações benditas!
 
Volte a crer, volte a guerrear! Ele é contigo e tem planos superiores para você!
 
 
Redação iGospel

 

Publicação 21/04/2018, Por Bispa Fê
+QV

VENÇA SUAS GUERRAS ESPIRITUALMENTE

 
“Você não vai só sair daqui com armas espirituais, mas para aprender a usá-las”, afirmou Bispa Sonia Hernandes no encerramento do Encontro Geral de Mulheres +QV Armas de Guerra, realizado neste sábado (21), na Renascer Arena.
 
A imagem pode conter: 1 pessoa, no palco, show e noite
 
Ela leu o texto bíblico de Efésios 6.10 a 18 e explicou que estamos constantemente em guerra e que a nossa postura diante dela é determinante. “Quem é infantil e superficial na fé sai facilmente derrotada. Quem é envelhecida e cansada na fé também sai derrotada, porque não persevera. Tem conhecimento, mas não tem profundidade. A nossa vida passa por um rio. Os dias que passam nunca voltam. Você pode nadar em direção à margem do fracasso ou à margem do sucesso!”.
 
A líder da Renascer ainda alertou: “Quem resolve se colocar na posição de vítima, de injustiçada, de magoada se afunda na amargura e na tristeza. Sabe o que acontece com alguém assim? Acaba se afundando na solidão.”.
 
“Quantos dias bons nós deixamos de viver porque nos entregamos ao sofrimento, à amargura, à incompreensão? E o que mudou vivê-los dessa maneira? Nada! Precisamos ter consciência de que a nossa guerra é espiritual. O choro, os chiliques e os seus planos de vingança não resolvem nada! Você precisa interferir nas situações espiritualmente!”.
 
Para enfrentar suas guerras no ambiente espiritual e defender o reino d’Ele, o Senhor vai:
 
1- Te revestir com a verdade
 
“O que falam de você não muda quem você é em Deus!”, declarou ela.
 
2- Colocar sobre você a couraça da justiça
 
“Nenhuma calúnia vai prevalecer! Os planos do inimigo não vão prevalecer, porque a vingança é do Senhor! Você caminhará em campos minados, mas não será atingida”, afirmou.
 
3- Calçar os seus pés com pregação do evangelho (Lucas 10.17, Isaías 52.7, Tiago 5.19, Provérbios 11.30)
 
“Quem evangeliza nunca ficará só!”, acrescentou.
 
4- Colocará em suas mãos o escudo da fé
 
“É a certeza de que só vai acontecer na sua vida o que Deus permitir! É saber que sua vida está no controle d’Ele. Essa arma combate catástrofes, mortes, divórcios, perdas e o abandono”, declarou.
 
5- Proteger sua cabeça com o capacete de salvação
 
“Os capacetes sempre protegem seus ouvidos! Você será protegida de todas as vozes do passado! Você tem a mente de Cristo!”, disse.
 
6- Te dará a espada do espírito, que é a palavra de Deus! (Jeremias 29.11)
 
“A palavra traz à existência o que não existe, ela nos fortalece em tempos de guerra!”, finalizou!
 
A imagem pode conter: multidão, estádio e atividades ao ar livre
 
 
Redação iGospel
Fotos: Karin Marcitello, Alessandra Braga, Sarah Brito, Abdiel Silva e Pedro Flausino
Publicação 21/04/2018, Por Bispa Fê
+QV

SOU MAIS QUE VENCEDORA PORQUE CRISTO HABITA EM MIM

 
A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, close-up
 
Marcos 8.14 a 21: “Ora, aconteceu que eles se esqueceram de levar pães e, no barco, não tinham consigo senão um só. Preveniu-os Jesus, dizendo: Vede, guardai-vos do fermento dos fariseus e do fermento de Herodes. E eles discorriam entre si: É que não temos pão.
 
Jesus, percebendo-o, lhes perguntou: Por que discorreis sobre o não terdes pão? Ainda não considerastes, nem compreendestes? Tendes o coração endurecido? Tendo olhos, não vedes? E, tendo ouvidos, não ouvis? Não vos lembrais
 
de quando parti os cinco pães para os cinco mil, quantos cestos cheios de pedaços recolhestes? Responderam eles: Doze! E de quando parti os sete pães para os quatro mil, quantos cestos cheios de pedaços recolhestes? Responderam: Sete! Ao que lhes disse Jesus: Não compreendeis ainda?”
 
Os discípulos estavam preocupados e discorrendo (fofocando) dentro do barco. Ali, Jesus os alertou sobre dois fermentos. Obviamente, Ele estava se referindo a questões espirituais. Quando Jesus falou “cuidado com os fermentos”, os discípulos, simplesmente, responderam “não temos pão”, ou seja, não entenderam nada.
 
A boa notícia é que, assim como os discípulos, nós estamos no mesmo barco de Jesus. Nós já temos um pão, que é o pão da vida! Não precisamos de mais nada. Os discípulos tinham que enxergar que Jesus estava com eles. Quando estamos no barco da dificuldade, nós só enxergamos dificuldades. Quando estamos no barco da tristeza, nós só enxergamos coisas tristes. Enxergue Jesus no barco da sua vida e alimente-se do pão da vida!
 
Hoje, eu quero alertar vocês sobre esses dois fermentos. O fermento é aquilo que tem poder de inflar, mas não tem o poder de multiplicar! O inimigo quer inflar determinados sentimentos dentro de você, para que você seja um agente multiplicador de malignidades. Deus não te criou para ser barriga de aluguel do inferno. Deus te criou para multiplicar vida!
 
O que representavam aqueles dois fermentos:
 
1-Fermento dos fariseus: práticas, costumes e regras religiosas
 
É aquele que nos vê sofrendo, sangrando, mas passa de largo. Tem costumes, tradições, mas não têm a maior essência do evangelho, que é o amor!
 
2- Fermento de Herodes: fermento do ego e do poder
 
É um poder intimidador que quer nos manter preocupadas, a ponto de anular nossa identidade em Deus.
 
Quando sabemos qual é a nossa missão na terra, tudo fica mais fácil. Se eu for bem resolvida com aquilo que me foi designado, metade daquilo que vem para matar a minha fé deixa de caminhar comigo.
 
Eu sou mais que vencedora, não porque eu tenho algo, mas porque Jesus vive em mim! Eu sou mais que vencedora, porque tenho Jesus. Nada pode me separar do amor de Deus!
 
Cada vez que você passar por uma dor, vá para o cenáculo do Senhor. No dia mau, saiba se esconder no Senhor. Alimente-se da Palavra d´Ele, e todas as áreas da sua vida serão transformadas!
 
Quero finalizar este post com um convite!
 
No próximo sábado (21), teremos o Encontro de Mulheres +QV Armas de Guerra! Participe! Eu tenho certeza de que, depois desse dia, sua vida nunca mais será a mesma!
 
Clique aqui e confira todas as informações.
Publicação 16/04/2018, Por mais, que, vencedoras
+QV

MOVA-SE NO ESPÍRITO

 
Resultado de imagem para mulher orando
 
Êxodo 3.1 a 10: “Apascentava Moisés o rebanho de Jetro, seu sogro, sacerdote de Midiã; e, levando o rebanho para o lado ocidental do deserto, chegou ao monte de Deus, a Horebe. Apareceu-lhe o Anjo do SENHOR numa chama de fogo, no meio de uma sarça; Moisés olhou, e eis que a sarça ardia no fogo e a sarça não se consumia. Então, disse consigo mesmo: Irei para lá e verei essa grande maravilha; por que a sarça não se queima?
 
Vendo o SENHOR que ele se voltava para ver, Deus, do meio da sarça, o chamou e disse: Moisés! Moisés! Ele respondeu: Eis-me aqui! Deus continuou: Não te chegues para cá; tira as sandálias dos pés, porque o lugar em que estás é terra santa. Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó. Moisés escondeu o rosto, porque temeu olhar para Deus.
 
Disse ainda o SENHOR: Certamente, vi a aflição do meu povo, que está no Egito, e ouvi o seu clamor por causa dos seus exatores. Conheço-lhe o sofrimento; por isso, desci a fim de livrá-lo da mão dos egípcios e para fazê-lo subir daquela terra a uma terra boa e ampla, terra que mana leite e mel; o lugar do cananeu, do heteu, do amorreu, do ferezeu, do heveu e do jebuseu.
 
Pois o clamor dos filhos de Israel chegou até mim, e também vejo a opressão com que os egípcios os estão oprimindo. Vem, agora, e eu te enviarei a Faraó, para que tires o meu povo, os filhos de Israel, do Egito.”
 
Moisés ficou 40 anos no deserto, pois deu vazão a um fogo que não é de Deus, embora, anteriormente, ele tenha sido marcado pelo fogo Santo.
 
A glória de Deus se manifesta por intermédio do fogo. Elias viu a resposta de Deus no fogo. Ele responde com fogo e poder. Temos que estar libertas da escravidão que o fogo estranho causa no nosso meio. Satanás consegue manipular e tentar imitar tudo que é marca de Deus nas nossas vidas.
 
Mas o fogo do Senhor que nos tira da escravidão está manifestado em cada um de nós. Quando estamos passando pela mesma luta por um tempo prolongado temos a sensação de que isso vai durar para sempre. Mas isso não é verdade!
 
Quantas vezes você fala que quer fazer as coisas do seu jeito?  Mas é preciso deixar que Deus faça do jeito dele, que Ele nos trate. Deus cuida de nós e sabe como tratar nossas vidas.
O Senhor levou Moisés ao monte para mostrar a ele a glória de Deus. Ele viu um fogo que ele não conhecia. O fogo onde Deus se manifesta transformou a vida de Moisés. Cada uma de vocês será enviada para viver a cura e transformação.
 
Existem coisas que precisam ser rompidas espiritualmente. O diabo apresenta essas propostas todos os dias.
  
Nós temos as características do Senhor dentro de nós, mas nossas fraquezas nos roubam e nos matam. Elas querem impedir o plano de Deus na sua vida!
 
A religiosidade quer que você carregue seu corpo de morte, mas o mover apostólico nos envia para viver os caminhos de Deus.
 
Você é chamada por Deus para manifestar a glória de Deus nos quatro cantos da terra! O diabo não respeita fraquezas. Não pensa que você vai se fazer de coitada, e o diabo vai te deixar em paz. A palavra nos envia para resistir ao diabo.
 
Moisés viu o fogo Santo e foi enviado para fazer obras grandes. Nós vivemos num mundo escravizado por Satanás. Mas não importa o desafio que temos que vencer, o Eu Sou está com você!
 
Muitas vezes, temos medo de ser machucadas, mas o Senhor está conosco. Descobri que interagimos com o fogo todos os dias. No fogão, no motor do carro, etc. Mas precisamos nos mover no fogo do Espírito!  Temos que sair da paralisação para fazer aquilo que Deus quer de nós. Existem pessoas que só querem o mover místico!  Mas Deus não é isso! O Senhor age em nós de muitas maneiras!
 
Quando estamos enviados, temos a plenitude do mover de Deus aqui na terra. A experiência com Deus é a nossa marca! Nosso Deus é vencedor acima de todas as obras do inferno!
 
Moisés trouxe libertação para o povo de Deus! Levante suas mãos e ore! Essa libertação virá sobre sua vida! Muitas vezes, somos incendiadas pela falta do domínio dos nossos desejos.
 
Liberte-se disso, peça perdão a Deus e viva uma verdadeira transformação pelo fogo do Espírito!
Publicação 09/04/2018, Por Bispa Fê