Siga-me

Navegue por categoria

Últimos posts

O que fazer com os filhos em casa na quarentena?

Para conter proliferação do novo coronavírus, todos nós estamos de quarentena.

Para esta medida não interferir no ano letivo, algumas escolas decidiram mantar suas aulas, mas on-line. Outras, por outro lado, optaram em adiantar suas férias.

É uma fase de incertezas, mas não podemos deixar o desespero tomar conta… Porque ele cria um bloqueio mental e emocional… Ou seja, acaba afetando a nossa capacidade de tomar boas decisões.

Claro que tomar todas as medidas preventivas é essencial….  Mas também precisamos buscar estratégias para transformar dificuldades em oportunidades, em aprendizados…

Realmente, precisamos refletir…

Vivemos em comunidade… Cuidar da nossa saúde mental, emocional e física também pode contribuir para o bem estar mental, emocional e físico de quem nos  cerca…

Por que não colocar isso em prática hoje mesmo?

Já que as aulas presenciais foram suspensas aproveite para começar a cuidar melhor da saúde emocional do seu filho, a desenvolver um relacionamento mais profundo com ele… Para que, amanhã, você não precise pagar alguém pra fazer isso…

Os consultórios de psicólogos estão lotados, porque muitos pais estão falhando no cumprimento de sua missão…  E eu pergunto? Falta tempo ou interesse? Falta tempo ou paciência…

Como também grande parte dos familiares está trabalhando no modelo home office, esse acaba sendo um momento oportuno para, além da diversão, estreitar laços, além de estimular a criatividade dos pequenos e despertar neles o senso responsabilidade.

O PRIMEIRO PASSO é explicar a situação para eles, mas de uma maneira leve…

Quarentena não é castigo, mas uma preservação!

Explique, que cada um da família, assim como os super heróis (pode usar como exemplo a Liga da Justiça, os Guardiões da Galáxia, os Vingadores…) é peça fundamental para a derrota deste vírus.

Fale para eles que vocês estão em uma missão especial para preservar a família e o planeta!

SEGUNDO PASSO: estabeleça uma rotina e divida as tarefas!

Esta quarentena pode durar de 15 dias a dois meses… Não sabemos!

Mas uma coisa é certa: se não estabelecermos um estilo de vida e mantermos nossa mente, corpo e alma condicionados, adaptar-se à rotina antiga  será um martírio.

Estamos em um período marcado por uma forte carga emocional… Estamos combatendo um inimigo desconhecido… Temos nossas demandas profissionais e financeiras também… Por isso, para mantermos a nossa saúde emocional preservada, precisamos nos organizar…

Estabelecer uma rotina é eliminar todos os pontos de desgaste e de distração e tornar a convivência familiar mais harmônica.

Sem uma boa gestão de tempo, é impossível manter a casa e o trabalho organizados e ainda ter um tempo de qualidade com os filhos.

Por isso, papais, para o bem de todos, todos precisam adotar um novo estilo da vida!

Faça uma reunião e determine os horários: para acordar, tomar café da manhã, tomar banho, trabalhar, para os estudos (cada dia pode ser dedicado a uma matéria), para fazer atividades recreativas, almoçar, organizar a casa, assistir filmes, conversar com os amiguinhos e com os familiares online, meditar na Palavra de Deus…

Crie estratégias para que vocês possam fazer todas as refeições juntos e cada um ajudar com uma tarefa.

No período da noite, reúna todos e faça uma célula… Temos feito isso em casa e tem sido uma grande bênção. Cada um pode ler uma passagem da Bíblia e dizer o que entendeu, ou contar uma história… E, depois, cada um pode fazer uma parte da oração…

Aproveite este tempo para cuidar melhor da sua alimentação também… Faça um cardápio mais colorido! Isso é essencial para a imunidade!

TERCEIRO PASSO: seja um exemplo!

Tudo educa… Sua postura, seu tom de voz, as palavras que você usa… E, principalmente, sua omissão… As regras são para todos! Seja o primeiro a seguir a rotina…

QUARTO PASSO: preencha a agenda dos seus filhos!

Ociosidade leva à ansiedade e ao estresse…

Eu tenho aqui algumas sugestões de atividades que podem te ajudar, além do clássico “cinema em casa”

Claro que você pode aproveitar e colocar filmes e desenhos inspirados em histórias de fé e superação e nas Escrituras… Aqui, no meu blog tem algumas sugestões.

São uma excelente oportunidade para você ensinar princípios cristãos… E ainda estar ali para tirar dúvidas…

Mas, podemos sair do óbvio…

5 atividades diferentes e baratas para fazer com crianças em casa

– Aproveite para ensinar a Bíblia de forma divertida…

Você pode usar os objetos da sua casa… Legos são uma excelente alternativa.

No canal do YouTube da nossa igreja, temos uns vídeos muito bons também!

– Campeonatos de origami

É uma excelente estratégia para o combate à ansiedade e para estimular a concentração dos seus filhos.

– Uma versão caseira do Masterchef

Uma dica é pensar em refeições temáticas, como o dia do sanduíche, da pizza, das saladas, das frutas. Pais que trabalham podem pedir que os filhos separem os ingredientes durante o dia , para gerar expectativa para o evento.

– Teatro em Casa

Leia uma história bíblica com seus filhos e peça para eles encená-la… Uma apresentação para a família toda também pode ser uma ótima oportunidade para evangeliza-los.

– Produza um telejornal

Vale ser um jornal apresentado ao vivo, ou a exibição do material gravado durante o dia… Mas com que notícias? Pode ser um resuminho das atividades dele…

Você pode também ser o entrevistador e aproveitar a oportunidade para conhecer melhor o seu filho, e ele te conhecer também…

– Histórias em quadrinhos

Mostre também alguns gibis e proponha o desafio de escrever (e desenhar) uma história em quadrinhos.

– Monte um jogo de memória

Você não precisa comprar, seu filho mesmo pode montar… Desenhando ou imprimindo as imagens!

– Transforme sua casa em um GP 

Com papéis ou caixas de papelão, monte uma pista de corrida para os carrinhos das crianças. Vale pensar e estruturar curvas, despenhadeiros e até loopings.

– Acampadentro

Cabanas de lençol, contar histórias iluminados só por lanternas e o que mais vier à mente pode ser uma excelente alternativa…

– Monte uma árvore genealógica

Rever as origens é ótimo para reviver sua história. Faça uma árvore genealógica com nomes, fotos, figuras, desenhos e não se esqueça de contar histórias e pedir ajuda dos mais experientes na família.

– Transforme a organização do quarto em uma gincana (como se fosse um quebra-cabeças gigante)

Organizar ajuda as crianças a terem responsabilidade. Além disso, é uma oportunidade para separar brinquedos em bom estado para doação.

– Monte um quebra-cabeça com seu filho

Depois, você pode colocá-lo em uma moldura e pendurar no quarto.

– Programe uma noite de jogos de tabuleiro

Desta forma, você envolverá toda a família!

– Caça ao tesouro

Coloque diversas pistas e enigmas… Isso vai entreter seu filho durante o dia todo…

– Mímica

É um clássico… Você pode aproveitar para testar os conhecimentos bíblicos e gerais dos seus filhos…

– Galeria de desenho e pintura

Dê algum tema para os seus filhos e deixe a imaginação deles cuidar do resto… Depois, peça para eles montarem uma exposição e para eles explicarem cada obra de arte.

– Oficina de brinquedos

Coloque alguns objetos reciclados e desafie seus filhos a montar uma escultura.

– Esconde-esconde

Te ajuda a trabalhar a paciência e a capacidade de dedução do seu filhos.

– Caça às letras

Espalhe letras coloridas pelo chão e fale para seus filhos formarem frases ou palavras. Se eles forem pequenos, peça uma letra de cada vez.

– Fazer slimes

É uma das mais populares! As crianças adoram colocar a mão na massa. Sem contar que é relaxante, até para os adultos.

– Acerte o alvo

Você pode unir vários canos de papelão com cola quente e pintá-los. E, depois, jogar com seus filhos. Quem acertar mais pontos ganha.

– Jogo da velha com pedras

Você pode montar o seu próprio jogo da velha. Basta decorar algumas pedrinhas e desenhar a estrutura do jogo em um papelão.

– Com garrafinhas recicladas, você pode criar um boliche

– Castelo de cartas

A ideia é juntar duas cartas por vez até formar uma pirâmide, é ideal para estimular a concentração das crianças.

Faça de cada dia uma surpresa

Dia de piratas, cientistas, de uma cor, um animal, vale soltar a criatividade junto com os pequenos e pensar atividades condizentes (ou pedir que eles pesquisem sobre o tema e apresentem de noite para os adultos).

Neste tempo, converse bastante com seus filhos… Não se limite ao “está tudo bem na escola?”. Pergunte, entre uma atividade e outra, quem são os amiguinhos deles, quais sãos seus maiores medos e dificuldades… A brincadeira do telejornal pode ser um excelente começo…

Veja, também, algumas sugestões de brincadeiras de acordo com a idade dos seus filhos:

De 6 meses a 2 anos: clique aqui

De 2 a 5 anos: Parte 1 (clique aqui), Parte 2 (clique aqui) e Parte 3 (clique aqui)

De 5 a 7 anos: Parte 1 (clique aqui) e Parte 2 (clique aqui)

De 8 a 10 anos: Parte 1 (clique aqui) e Parte 2 (clique aqui)

Este período pode trazer muitas confusão e dividir a família… Ou ser uma ótima oportunidade para uma grande restauração e reconciliação… Isso, sim, está no seu controle!

You Might Also Like