Siga-me

Navegue por categoria

Últimos posts

DETOX: 52 DIAS SEM REDES SOCIAIS!

Em todos os inícios de ano, eu tenho o costume de fazer um jejum redes sociais. Muitas pessoas me perguntam o porquê… Por isso, eu decidi fazer um post aqui no meu blog para explicar quais sãos meus motivos e motivações…

Vamos lá…

Por que nos primeiros dias do ano?  Porque as primícias pertencem ao Senhor!

Por que 52 dias? Por conta da história de Neemias – cuja interferência foi fundamental para que os muros e portas de Jerusalém fossem reconstruídos em tempo recorde. Aquelas muralhas garantiram a proteção daquela cidade contra os inimigos que a haviam destruído…

Por meio desta consagração, eu construo, profeticamente, todos os dias do ano!

E por que escolhi dar um tempo nas redes sociais? Para eliminar as distrações!

As redes sociais nos conectam, nos instruem e nos dão voz… Até então, somente quem estava à frente de grandes veículos de comunicação tinha espaço para expor suas opiniões…

Um dia… Eu estava no aeroporto e fiquei prestando atenção na alegria de uma menina muito simples, que, até então, nunca havia se quer passado perto de um aeroporto….

Aquela era sua primeira viagem internacional… Ele sentou perto de uma janela, que garantia uma visão privilegiada daquele local – com um lindo pôr do Sol ao fundo… Em, ali, ela fez uma live, na qual relatou cada detalhe daquela jornada… Os olhos dela brilhavam… Fiquei emocionada!

Por meio das redes sociais, ela conseguiu compartilhar aquela experiência com centenas de pessoas, ao mesmo tempo…

As redes sociais nos dão a oportunidade de transformar experiências simples, como um passeio em um parque, em grandes eventos…

Por outro lado… Precisamos aprender a ter filtros… Porque a realidade exposta por outras pessoas faz com que criemos necessidades que, mesmo que não sejam supridas, não vão mudar nossas vidas… Cria em nós, por exemplo, a necessidade de aprovação… Por mais que você seja abençoado, parece que a vida dos outros é sempre mais interessante… Será mesmo?

Se não tomarmos cuidados, tornamo-nos eternos insatisfeitos…

Quem disse que você precisa usar aquela roupa, ter aquela bolsa, ou fazer aquela viagem, ou jantar em um determinado restaurante para ser feliz?

Precisamos também tomar cuidado com o excesso de exposição e com o roubo do tempo…

No início do ano, eu tenho o costume de mergulhar na palavra profética liberada! Como estamos no Ano de Isaías… Como o viverei, na plenitude, sem conhecimento? Então, em vez de gastá-lo, eu procuro investi-lo!

Geralmente eu planejo um novo ano, nos meses que o antecedem… Mas, infelizmente, para 2020, não consegui… Então, estes 52 dias serão dedicados a isso também!

Então, basicamente, o meu início de ano é dividido em planejamento e proteção, sem distrações… E, por meio deste post, eu quero te encorajar a fazer o mesmo!

Este jejum é dividido em dois desafios: a consagração das redes sociais e a organização do tempo e dos ambientes.

A parte do guarda-roupa faz parte do desafio que realizamos todos os anos com as participantes do Mais que Vencedoras!

Ao colocá-lo em prática, acabei me deparando com algumas roupas e assessórios que me lembraram de momentos muito dolorosos da minha vida… Depois de separá-los, eu me coloquei na presença do Senhor e o agradeci, porque, em todos, Ele esteve comigo!

E, nesse clima de organização, eu me desfiz de todas aquelas peças e objetos… Porque eu não preciso ter em minha casa nada que ative uma memória de dor… Mas para as pessoas que as receberam de doação elas ganharam um novo significado! E isso me trouxe um grande alegria!

Foi uma experiência libertadora…

E falando em libertação… No encerramento deste jejum, eu me deparo com dois sentimentos: a vontade de voltar a interagir – da maneira que as redes sociais proporcionam – com aquelas pessoas que geograficamente estão distantes de mim e a vontade de não voltar mais…

Este jejum é um período em que você fica livre de olhares, opiniões e comentários desnecessários… É como uma desintoxicação…

Em qual conclusão podemos chegar ao final desta jornada? Que é isso o que o Espírito Santo quer nos dar: equilíbrio e liberdade!

Lembre-se de que tudo o que não dominamos nos domina!

Este jejum é um período de planejamento, consagração, projeção, proteção, limpeza e disciplina… Elementos fundamentais para um ano de vitórias!

Posso contar com você nesta jornada?

You Might Also Like