Siga-me

Navegue por categoria

Últimos posts

A fofoca é a semente da divisão

Provérbios 17.9: “O que encobre a transgressão adquire amor, mas o que traz o assunto à baila separa os maiores amigos.”

A fofoca pode até parecer algo inofensivo, mas é extremamente venal! Dentro da igreja, por exemplo, faz com que a pessoa se sinta isolada e solitária, mesmo estando rodeada de pessoas.

Quem já foi alvo de comentários maldosos sabe do que estou falando. É como se estivéssemos encarcerados e encurralados! Sentimo-nos o tempo todo julgados, expostos e sem apoio, porque achamos que não podemos mais confiar em ninguém!

E quando há um pecado? É pior ainda! Parece que, por mais que tenhamos nos arrependido e nos corrigido, sempre seremos reféns daquele erro!

A fofoca, em todos os âmbitos, é a semente da divisão! Por isso que eu sempre afirmo que quem ouve fofoca também é fofoqueiro!

Se você não é uma autoridade espiritual e se aquela situação que chegou aos seus ouvidos não edifica e não acrescenta para o bom andamento do corpo, ou de um relacionamento, ou, de repente, da empresa em que você trabalha, não dê ouvidos!

Eu, como Bispa, preciso sempre busco sabedoria e discernimento diante de Deus. Antes de tirar conclusões, ouço todas as partes e busco filtrar e ponderar tudo.

Daquelas situações, eu tiro as informações que vão cooperar para a cura daquele relacionamento, porque o nosso papel é edificar, nunca destruir!

Antes de dar ouvidos, eu tenho a prática também de sempre buscar saber qual é a fonte daquela informação, porque, por trás de toda a informação sempre existe uma intensão!

Tiago 3.5, 6, 10 a 13: “Assim, também a língua, pequeno órgão, se gaba de grandes coisas. Vede como uma fagulha põe em brasas tão grande selva! Ora, a língua é fogo; é mundo de iniquidade; a língua está situada entre os membros de nosso corpo, e contamina o corpo inteiro, e não só põe em chamas toda a carreira da existência humana, como também é posta ela mesma em chamas pelo inferno.

De uma só boca procede bênção e maldição. Meus irmãos, não é conveniente que estas coisas sejam assim. Acaso, pode a fonte jorrar do mesmo lugar o que é doce e o que é amargoso? Acaso, meus irmãos, pode a figueira produzir azeitonas ou a videira, figos? Tampouco fonte de água salgada pode dar água doce. Quem entre vós é sábio e inteligente? Mostre em mansidão de sabedoria, mediante condigno proceder, as suas obras.”

Por isso, tome cuidado, principalmente com aquelas pessoas que falam de Deus, mas adoram provocar intrigas!

A nossa missão é restaurar vidas através do amor de Cristo. Não podemos participar da obra destruidora do inferno!

João 10.10 e 11: “O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas.”

O meu conselho para você que adora ouvir ou fazer comentários da vida alheia é: Pare já com isso! Você não nasceu para ser um agente de destruição! Deus te deu a capacidade de se comunicar para você abençoar e ser um instrumento de transformação!

Se da sua boca só sai palavras de destruição é sinal de que falta comunhão com o Senhor!

Mateus 12.34: “…Pois a boca fala do que está cheio o coração.”

Quando somos cheios do Espírito Santo, levamos paz e alegria! Quem é cheio do Espírito Santo agrega. Quem é cheio do Espírito Santo tem tanto para falar de Deus, que não tem tempo para falar dos outros!

Lembre-se de que você nasceu para ser luz!

Lembre-se de que quem semeia vento colhe tempestade, mas aquele que semeia a paz terá um caminho de honra e alegria!

Esse é o recadinho que eu tenho para vocês nesta terça-feira!

No Comments

    Leave a Reply