Siga-me

Navegue por categoria

Últimos posts

10 dicas para manter os cabelos saudáveis e evitar quedas

Diariamente, nós perdemos em média 100 fios de cabelos. Conforme vamos envelhecendo, os nossos fios se tornam cada vez mais finos e rarefeitos.

Existem algumas ações simples que podem deixar nossos cabelos mais saudáveis e fortalecidos, além da hidratação.

Acompanhe abaixo:

1- Mantenha os cabelos sempre limpos!

Muitas pessoas deixam de levar os cabelos para evitar a queda dos fios durante o banho. Isso é um grande erro.  Manter os cabelos sujos impede o crescimento, pois obstrui os poros. Além excesso de oleosidade também pode levar à queda dos fios.

O ideal é que a lavagem seja feita com água em temperatura menor que 25 graus e, preferencialmente em dias alternados. Assim você evita os desgastes causados pelo excesso de água, sem permitir o acúmulo de sujeira.

2- Use a escova correta

O uso da escova também pode ocasionar a queda de cabelo. É o que aponta um estudo publicado no Journal of Dermatological Treatment, no qual diz que a frequência com que os cabelos são penteados aumenta a queda dos fios.

Além disso, usar uma escova que não é para o seu tipo de cabelo pode danificar os fios, deixando aquele aspecto de cabelos quebradiços.

Para descobrir qual é o tipo ideal de escova para o seu cabelo, consulte sua dermatologista.

3- Sem estresse, sem quedas

A saúde emocional afeta todo o nosso corpo e pode, sim, levar à queda dos nossos cabelos.

Uma boa forma de reduzir seu estresse, cuidar do organismo e ainda prevenir a queda de cabelo é por meio da prática de atividades físicas. Exercitar-se libera endorfinas que diminuem o estresse.

4- Não prender os fios molhados

Manter o couro cabeludo molhado por muito tempo provoca fungos e cria caspa, além de enfraquecer a raiz e provocar a queda dos fios!

5- Lembrar sempre que as raízes dos cabelos são a base para fios fortes

É importante ressaltar que as raízes do cabelo podem esconder problemas muito graves, como o eczema – uma descamação que começa comumente com uma alergia –, a psoríase de couro cabeludo, e até a alopecia areata, que é uma das formas com que a queda de cabelo.

6- Faça exames periodicamente

Muitas vezes, a queda de cabelo, acompanhada de coceira, pode ser um sinal de que há algo errado no organismo como um todo.

O hipotireoidismo, por exemplo, pode causar ressecamento da pele no geral, o que provocaria coceiras e consequentemente a queda dos fios, assim como as doenças hepáticas e renais, que por muitas vezes impedem a eliminação de substâncias que provocam o sintoma.

7- Fumar e ingerir bebida alcoólica? Nem pensar!

A ingestão de álcool provoca aumento da produção de radicais livres no nosso corpo. Radicais livres promovem inflamação em alguns tecidos, incluindo a pele do couro cabeludo. Toda inflamação poderá promover aumento da queda de cabelos.

Além disso, o álcool, sozinho, desgasta o organismo já que exige de nosso corpo um esforço maior para a metabolização do etanol. O desgaste do metabolismo é um dos fatores que podem levar à queda capilar.

Cuidado também com o tabagismo. Uma pesquisa recente do Departamento de Saúde Pública da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, conseguiu mapear com exatidão o tamanho do estrago causado pelas tragadas tóxicas. Depois de analisarem amostras de tecido de 1.241 homens fumantes e não fumantes, os estudiosos constataram que o hormônio DHT, particularmente ligado à calvície, aparecia em índices até 13% superiores entre os adeptos do cigarro.

Além disto, por produzir radicais livres em nosso corpo, o cigarro facilita a queda de cabelo.

8- Cuidado com a ansiedade e a depressão

Dependendo do grau de sua depressão ou ansiedade, a reação orgânica a isso pode alterar a produção de oleosidade de seu couro cabeludo, o que pode promover descamação ou aparecimento da caspa, alguns fatores que facilitam a queda.

Além disso, em casos mais crônicos, a depressão também pode levar a alterações nos hábitos alimentares e perda de apetite, o que, num futuro próximo, pode contribuir para o enfraquecimento dos fios e a queda de cabelo. Alguns dos medicamentos utilizados para o tratamento dessas doenças podem ter o mesmo efeito. Caso isso aconteça, você deve procurar um dermatologista, que verificará a causa e indicará um tratamento específico para o seu caso.

9- Cuide da alimentação

O que comemos é essencial para fortalecer os fios e estimular o crescimento deles. Alguns nutrientes específicos, como os minerais (zinco, selênio, cálcio, silício e ferro), vitaminas (E, C e do complexo B), proteínas e grão integrais são extremamente benéficos para fortalecer os fios e evitar a queda de cabelo.

É importante também realizar regularmente para identificar se você está com alguma deficiência dessas vitaminas.

10- Use a chapinha corretamente!

Caso faça uso incorreto, os danos podem tomar grandes proporções. Erros como passar chapinha no cabelo molhado, sujo, ou dispensar protetores térmicos podem potencializar a queda de cabelo.

Informações: Minha Vida

 

No Comments

    Leave a Reply