Siga-me

Navegue por categoria

Últimos posts

Somos o que recordamos! Que tal algumas dicas para exercitar a memória?

Você já parou para pensar sobre sua memória? O trabalho, compromissos, afazeres domésticos tornam nossos dias mais ocupados e, muitas vezes, nossa memória sofre reflexo disso.

A memória é a capacidade de adquirir, armazenar e evocar as experiências e os fatos já ocorridos. Pode sofrer influência de fatores, como nível de consciência, interesse na informação, humor e atenção. Tudo o que aprendemos depende da capacidade de memorização.

A perda de memória pode estar associada a determinadas doenças neurológicas, a problemas metabólicos, a distúrbios psicológicos (como exemplo, a depressão), e também a certas intoxicações. A patologia mais frequente relacionada à memória é conhecida como demência, sendo a mais prevalente a Doença de Alzheimer, caracterizada pela presença de déficit progressivo na função cognitiva, com maior ênfase na perda de memória, e interferência nas atividades sociais e ocupacionais.

Dessa forma, quando as falhas na memória tornam-se frequentes e passam a atrapalhar seriamente o cotidiano, é preciso buscar ajuda de um especialista. É importante consultar um neurologista ou psiquiatra. E, a depender do caso, fazer avaliação neuropsicológica, que investiga o funcionamento cognitivo através de testes e reabilitação cognitiva, que treina as funções afetadas e cria novas estratégias para compensar as dificuldades do indivíduo. Além disso, é importante orientação familiar com intuito de aprender a conviver com as novas limitações do paciente.

Considerando esses fatores, que tal cuidarmos melhor da nossa memória? Siga algumas dicas:

1- Tenha uma alimentação saudável;

2- Pratique atividades físicas;

3- Evite o estresse;

4- Invista na boa qualidade do sono;

5- Estimule atividades mentais, como leitura. Utilize ao máximo sua capacidade mental;

6- Aprenda novas habilidades, como, por exemplo, estudar um novo idioma;

7- Faça atividades antigas de uma maneira diferente (ex: faça outro caminho para ir ao trabalho);

8- Interaja socialmente.

Eu quero finalizar este post, compartilhando com vocês o vídeo de uma entrevista que eu fiz com o neurologista Leandro Teles. Além das dicas incríveis, ele mostrou quais são os melhores testes de memória. Confira:

Informações: Hospital Albert Einstein

 

No Comments

    Leave a Reply