Siga-me

Navegue por categoria

Últimos posts

QUEM PERDE O CONTROLE DAS EMOÇÕES PERDE O CONTROLE DAS SITUAÇÕES

Gálatas 5.22 “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei.”

Com o passar dos dias, nossa mente fica sobrecarregada, gerando um grande esgotamento físico.  E esse cansaço somado às situações de pressão resulta também em um grande desgaste emocional. É daí que vem aquela expressão “minha cabeça vai explodir”.

Quando perdemos o domínio de nossas emoções, automaticamente perdemos o controle das situações.

Quando perdemos o domínio mental, agimos de acordo com os nossos impulsos e instintos e, consequentemente, cometemos loucuras. Quando nos damos conta, já é tarde demais.

Antes que você coloque tudo a perder, estabeleça este domínio! Como? Filtrando os seus pensamentos e levando em consideração as consequências.

Existem duas técnicas que podem te ajudar:

– Contar até dez”

É um método infalível! Assim, você ganhará tempo para filtrar as informações que você recebeu e não, simplesmente, reagir de acordo com os seus impulsos ou dominado pelo desespero.

Quem pensa toma decisões sábias e assume o controle. Quem não pensa é manipulado e controlado pelas situações.

Tiago 1.5: “Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida.”

Ter domínio mental é não ceder às provocações, é manter o foco nos seus objetivos!

-Teste seu entendimento

Quando você estiver no limite das suas emoções, antes de agir ou falar, pense: “Será que é isso o que eu quero transmitir para as pessoas?; “Será que é este o conceito que eu quero que elas tenham de mim?”; “Entregar-me ao desespero vai ajudar ou piorar a situação?”.

Lembre-se de que as piores decisões são as emocionais.

Se você tem dificuldades de controlar seus impulsos, assisto ao vídeo abaixo:

You Might Also Like